17 out de 2016 Comente aqui

BASTA DE MENTIRAS!!!

Publicado às 14:34

“Não há mentiras mais poderosas do que os mitos, e nem verdades mais frágeis do que aquelas que ninguém quer ouvir.”

A partir do mantra de que “a Terceira Ponte já está paga” foi construída oposição, persistente, ao projeto de duplicação da Rodovia do Sol, obra custeada com recursos do pedágio arrecadados na ponte e na rodovia, e que solucionou o grave problema de ligação rodoviária entre Vitória e Guarapari.

O último ataque a essa concessão é uma representação do Procurador de Contas, divulgada pela imprensa antes mesmo de seu protocolo ou notificação aos atingidos por ela, insultando a RODOSOL, seus acionistas e inúmeras pessoas, entidades, autoridades e servidores públicos, não poupando sequer os falecidos.

A postura desrespeitosa não surpreende, pois até o Poder Judiciário sofreu com suas ofensas, quando em manifestação recente, o Procurador de Contas classificou como “excrescência jurídica” a solicitação feita pela 2ªVara de Fazenda Pública para que o Tribunal de Contas atuasse como auxiliar da Justiça.

Embora não passe de peça de ficção, montada sobre mentiras e grosseiros equívocos, a repercussão dada a essa representação exige pronta resposta da concessionária e de seus acionistas, ante seu evidente propósito de denegrir a imagem dos sócios, da empresa e de todas as autoridades que de qualquer forma participaram da concepção e execução desse projeto de concessão.

Como se detalha abaixo exemplificativamente essas ofensas partem de mentiras, incompatíveis com a seriedade e responsabilidade que se esperaria de alguém que exerce função tão relevante.

1) Primeira mentira – Alegação de que a Servix Engenharia seria empresa “laranja”.

A verdade – A Servix (integrante do grupo Rural) era uma das maiores empresas de obras rodoviárias do Brasil, sediada em Minas Gerais. E ao tempo já participava de outras concessões rodoviárias, no Rio Grande do Sul e em São Paulo. Em 1998 venceu a concorrência e constituiu a Rodosol como sociedade de propósito especifico para atuar como concessionária, como exigia o edital. Naquele momento implantou a empresa, que teve diretores, gerentes e técnicos, inclusive o Presidente do Conselho de Administração, trazidos pela Servix para o Espírito Santo.

As empresas locais adquiriram inicialmente ações preferenciais da Rodosol sem direito a voto, fato comunicado ao poder concedente, o DER-ES.

Com prévia autorização do Poder Concedente ampliaram sua participação na sociedade, vindo a concluir a aquisição do seu controle no final de 2001.

É lamentável que, mais de dez anos após esses fatos, se venha criticar e levantar suspeita, de forma escandalosa, sobre operação comercial transparente, feita com autorização prévia do poder concedente.

2) Segunda mentira – Alega supostas irregularidades na concorrência pública e no contrato de concessão.

A verdade – Ação popular proposta em 1998 para anulação da concorrência e do contrato foi julgada improcedente por sentença de mérito, confirmada por unanimidade pelo Eg. Tribunal de Justiça do Estado, com parecer favorável do Ministério Público Estadual e mantida pelo Eg. Superior Tribunal de Justiça.

3) Terceira mentira – As obras de duplicação e prolongamento da rodovia teriam sido executadas com pavimento com menos de dez centímetros de espessura.

A verdade – A espessura da capa asfáltica constante do projeto executivo aprovado pelo DER-ES era de cinco centímetros e assim foi executada, espessura essa, acima das especificações de todas as rodovias estaduais.

A execução das obras foi minuciosamente acompanhada pelo DER-ES, e foram por ele recebidas em 2002, com reconhecimento de sua boa qualidade, conforme contratado.

Os Conselheiros do Tribunal de Contas do Espírito Santo aprovaram, por unanimidade, em 28 de Janeiro de 2010, após a longa Auditoria Extraordinária TC 4574/09, todos os atos de fiscalização desse contrato de concessão, que competia ao DER-ES, dando quitação aos dirigentes daquela autarquia.

4) Quarta mentiraAponta a existência de uma ação de improbidade administrativa contra um de seus acionistas por ter realizado obra emergencial com dispensa de licitação.

A verdade – Essa ação foi julgada totalmente improcedente.

A representação oculta isso.

5) Quinta mentira – Alega-se a existência de uma ação penal por alegado superfaturamento de obras de construção de ginásios esportivos, proposta contra sócio e administradores de uma de suas acionistas (ação penal nº 300 no STJ).

A verdade – O autor da representação sequer respeita a Corte de Contas a que serve, pois a lisura dessas obras foi aprovada pelo Tribunal de Contas do Estado (Acórdão TC-033/2013, do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo, publicado em 25 de Fevereiro de 2013).

A denúncia sequer foi recebida pelo Superior Tribunal de Justiça contra os sócios e administradores dessa acionista.

Outrossim, todas as demais pessoas denunciadas relativamente a essa acusação foram recentemente absolvidas pelo plenário do Superior Tribunal de Justiça.

A representação mente, ocultando esses fatos.

6) Sexta mentira – O Procurador de Contas repete a acusação de que o contrato de concessão está desequilibrado em favor da Rodosol.

A verdade – Perícia judicial realizada por determinação da 2ª. Vara de Fazenda Pública Estadual de Vitória desmente totalmente essa afirmação, concluindo que a Rodosol é credora.

A representação mente, ocultando esse fato.

Essa representação, caluniosa e de motivação inexplicada, somente desfavorece a necessária recuperação do clima de segurança jurídica e de respeito aos contratos que o Espirito Santo precisa para recuperação da sua economia.

A RODOSOL adotará as providências judiciais e administrativas cabíveis ante essa irresponsável atitude.

Compartilhe: Permalink:
17 out de 2016 Comente aqui

Asfalto de qualidade

Publicado às 14:14

As condições de tráfego no trecho em concessão da Rodovia do Sol e os baixos índices de acidente falam por si sobre a qualidade do pavimento da via. Mas o trabalho realizado para garantir conforto e segurança garante resultados que vão além.

Tanto que o trecho aparece entre os mais seguros do País de acordo com a Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) e a pesquisa realizada anualmente pela Confederação Nacional do Transporte (CNT).

No caso da ABCR, são levados em conta os índices de acidente por quilômetro. Já a pesquisa da CNT avalia as rodovias segundo três critérios (Qualidade do Pavimento, Sinalização e Geometria das Vias), nos quais a RodoSol tem, ao longo dos anos, obtido o conceito mais alto (ótimo).

De acordo com o diretor-presidente da RodoSol, Geraldo Dadalto, quando se pensa na qualidade do pavimento, um dos itens levados em conta na construção e na manutenção de uma rodovia é a espessura do asfalto. O edital previa espessura de 5cm e a tarifa foi calculada exatamente com essa espessura.

Segundo ele, existe uma fórmula que leva em conta itens como fluxo de caminhões e fator de pesagem. “A norma diz que, se houver uma rodovia com pesagem nas proximidades àquela que será construída, é possível utilizar esses dados para dimensionar o pavimento da que ainda será construído, levando em conta estimativas de fluxo da nova rodovia. A RodoSol trabalhou com dados de pesagem da BR-101 Sul, o que significa dizer que a espessura de asfalto de 5cm está superdimensionada para o volume de fluxo da via, já que o tráfego em geral e a passagem de veículos de carga é bem superior na rodovia federal”, explica.

blo3

Compartilhe: Permalink:
17 out de 2016 Comente aqui

Faunodutos salvam animais na rodovia

Publicado às 14:11

Muita gente que utiliza a Rodovia do Sol não imagina que, em pontos estratégicos embaixo do pavimento, estão os faunodutos, caminhos construídos para permitir a travessia de animais silvestres que “moram” às margens da rodovia.

Também conhecidas como passagens de fauna, estas estruturas agem como uma eficiente medida mitigatória, que visa reduzir o atropelamento de fauna e ampliar ou restabelecer a conectividade entre populações animais, além de aumentar a segurança dos motoristas.

 

obicho

Dentro deles, a RodoSol instalou sistemas para registo de pegadas dos animais silvestres que a utilizam e posteriormente câmeras fotográficas que evidenciam esses animais quando da utilização da travessia nos faunodutos. Uma equipe de profissionais coleta e analisa os registros das pegadas observadas e assim consegue saber qual a contribuição dos faunodutos para evitar os atropelamentos dos animais e possíveis acidentes que podem ser gerados por essas ocorrências.

O resultado é que, entre 2003 e 2015, foram contabilizados 7.217 registros de travessias de animais silvestres, nos sete sistemas monitorados ao longo da rodovia, estando entre as espécies que mais utilizam os faunodutos: Mão-pelada, irara, teiú, gambá, paca, entre outros.

​O trabalho já rendeu reconhecimentos além das divisas do Espírito Santo em forma de prêmios ambientais e é apenas uma parte do Programa de Proteção da Fauna Silvestre, denominado de “É o Bicho”, desenvolvido pela RodoSol em parceria com a Oscip Sociedade Sinhá Laurinha.

Nas próximas edições, você conhecerá outras ações do programa, além de mais projetos ambientais desenvolvidos pela RodoSol.

Compartilhe: Permalink:
13 out de 2016 Comente aqui

Outubro pela vida

Publicado às 10:55

Em apoio a campanha Outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama, a RodoSol ilumina os pilares da Terceira Ponte com a cor rosa. As ações realizadas neste mês objetivam conscientizar e alertar a população e os funcionários sobre os sintomas, a detecção precoce e os fatores de risco e proteção.

 

14642173_1488039614544609_1883512794460200243_n

 

A iluminação decorativa de monumentos históricos e pontos turísticos é um grande apoio à conscientização e mobilização da sociedade sobre temas específicos. No mês de setembro, os pilares foram iluminados de amarelo e, no mês de outubro, será iluminado com  a cor azul.

A RodoSol esclarece que todo tipo de intervenção na Terceira Ponte só pode ser realizada mediante autorização Agência de Regulação de Serviços Públicos (ARSP) e que toda ação é realizada em parceria com o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, órgãos legitimados para situações de resgate e abordagem.

Compartilhe: Permalink:

 

O alpinismo é uma das técnicas utilizadas pela RodoSol na manutenção da Terceira Ponte. Para alcançar pontos altos nos pilares da ponte, os técnicos escalam a estrutura e conseguem fazer reparos de forma eficaz e segura.

Os técnicos escalam uma altura de até 40 metros para realizar reparos na estrutura de concreto dos pilares ou para retirar material para análise. A técnica, chamada Alpinismo Industrial, é realizada a cada seis meses e é utilizada pela concessionária há mais de seis anos. Ela faz parte do programa de monitoramento e recuperação da estrutura, que iniciou há mais de 15 anos.

Um dos principais cartões postais do Estado e importante via da região metropolitana capixaba, a Terceira Ponte exige cuidados especiais. O trabalho de manutenção feito pela concessionária já dobrou a vida útil da ponte de 50 para 100 anos.

Outra técnica utilizada periodicamente é a inspeção subaquática, com uso de aparelhos de scanner e braços mecânicos, para checar a estrutura.

Para o diretor-presidente da concessionária, Geraldo Dadalto, o trabalho é uma forma de garantir a vida útil da ponte e, consequentemente, a segurança dos usuários que trafegam por ela.

Compartilhe: Permalink:

Neste sábado (24) a RodoSol participa Dia D do Detran|ES, um mutirão de ações voltadas principalmente para a área de trânsito.  Uma equipe estará à disposição dos usuários para realizar serviços da Via Expressa, como cadastramento e atualização de dados, além de tirar dúvidas e fazer orientações sobre os serviços prestados pela concessionária.

A ação será realizada das 9h às 16h na Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sesport). De acordo com o Detran, o objetivo é facilitar o acesso a serviços do órgão e oferecer um dia de atendimentos e, ainda, atividades esportivas, de saúde, lazer e educação de trânsito.

A RodoSol fará cadastramento na Via Expressa, atualização de dados dos clientes já cadastrados, pagamento de mensalidade, extrato de conta e também tirando dúvidas. Para realização o cadastro e adquirir o TAG da Via Expressa é necessário apresentar RG, CPF e comprovante de residência.

O evento faz parte da programação do órgão para a “Semana Nacional de Trânsito”, de 18 a 25 de setembro, que tem como tema “Eu sou + 1 por um trânsito + seguro”.

 

14364630_1779353215681312_2881941192161427104_n

 

Informações Adicionais:

Programação: Dia D do Detran|ES

Data: Sábado, 24/09

Horário: 9h às 16h

Local: Sesport, Rua Cel. Schwab Filho, s/n – Bento Ferreira, Vitória

Compartilhe: Permalink:

 

Com objetivo de buscar conhecimento, boas ideias e melhorias para as ações de trânsito, a Concessionária Rodovia do Sol esteve presente no I Seminário de Trânsito e Cidadania. O evento foi promovido pelo Detran/ES e aconteceu nos dias 21 e 22 de setembro.

De acordo com o Detran, a finalidade do seminário é conscientizar o cidadão a desenvolver atitudes e comportamentos seguros no trânsito e também divulgar os projetos que vêm sendo desenvolvidos pela autarquia.

Vários temas foram debatidos por estudiosos e especialistas em trânsito, com assuntos voltados para legislação, comportamento, segurança, educação no trânsito e formação de condutores.

O gerente de atendimento da RodoSol, André Beltrane, participou do seminário e diz que as discussões sobre trânsito seguro são sempre pertinentes e necessitam de atenção. “A RodoSol acredita que eventos como esse são iniciativas importantes para melhorarmos o cenário do trânsito. É preciso que todos tenham consciência que a responsabilidade ao volante pode salvar vidas e que trânsito seguro é questão de atitude”.

A programação está inserida na Semana Nacional de Trânsito, de 18 a 25 de setembro, que tem como tema “Eu sou + 1 por um trânsito + seguro”.  Além do seminário, a RodoSol participará do Dia Detran, no próximo sábado (24), evento que reunirá vários serviços para o motorista em só dia, como cadastro via expressa, orientação jurídica e revisão de moto.

WhatsApp Image 2016-09-21 at 16.48.37

 

 

WhatsApp Image 2016-09-22 at 09.46.00

Compartilhe: Permalink:

Mais da metade dos acidentes registrados pela RodoSol na Terceira Ponte se referem a colisões traseiras entre veículos. Só no primeiro semestre deste ano, foram 71 registros de um total de 133 atendimentos. Significa que mais da metade das ocorrências que causam transtorno tanto para os envolvidos como para os demais usuários poderiam ser evitadas por duas atitudes simples: dirigir com mais atenção e manter uma distância de segurança do veículo da frente.

O Código de Trânsito Brasileiro considera infração grave (multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira) não manter a distância de segurança do veículo da frente, sem, no entanto, estabelecer em metros qual a distância ideal. Especialistas afirmam que deve-se levar em conta o tipo de via (nas rodovias, a distância deve ser maior por causa da velocidade também maior), as condições climáticas e a velocidade permitida.

Fundamental é estabelecer uma distância que permita ao motorista frear e parar o carro sem atingir o veículo da frente.

Saiba mais:

Os manuais de direção defensiva dizem que, condições normais da pista e do clima, o tempo necessário para manter a distância segura é de dois segundos. Para calcular, você pode escolher um ponto fixo à margem da vida e, quando o veículo à sua frente passar por ele, conte dois segundos. A distância é segura se o seu veículo passar pelo ponto fixo após essa contagem.

Compartilhe: Permalink:
20 set de 2016 Comente aqui

Moedinhas que salvam vidas

Publicado às 11:48

Aquelas moedinhas que você recebe de troco podem ser muito úteis quando somadas a doações de outras pessoas. Prova disso é a Campanha Troco Pedágio, desenvolvida pela RodoSol.

Até o dia 18 de outubro, as moedinhas doadas por quem passa pelas cabines manuais do pedágio da concessionária serão destinadas à Associação Renascer, uma casa de apoio com sede em Vila Velha que atende 150 pessoas, incluindo crianças, adolescentes, adultos e idosos em situação de vulnerabilidade social ou que possuem alguma deficiência psicológica ou física.

Em julho, a RodoSol entregou o cheque da primeira instituição beneficiada na nova fase do projeto. A Associação Capixaba de Combate ao Câncer Infantil (Accaci) recebeu R$8.929,15 dos usuários do Sistema Rodovia do Sol, doados durante 90 dias de campanha.

“A concessionária é apenas um meio para realizar esta doação. Os principais colaboradores são aqueles que trafegam pela ponte e pela rodovia e fazem as doações por meio das caixas de arrecadação. A RodoSol é grata a todos aqueles que sabem o valor e a importância desta campanha”, disse o presidente da RodoSol, Geraldo Dadalto.

Para realizar a entrega do cheque, estavam presentes o presidente da RodoSol, Geraldo Dadalto, e a diretora-presidente da Acacci, Marizilda dos Santos Vairo, além de funcionários da RodoSol e voluntários da Acacci.

Para Marizilda Vairo, a campanha é de grande importância para a entidade. “Nós realizamos um trabalho de formiguinha e é muito bom saber que os usuários do Sistema Rodovia do Sol acreditam na Acacci. Cada moeda doada tem muito valor para nós e para o trabalho que desenvolvemos”, garante.

Compartilhe: Permalink:

Pegar a estrada e conhecer novos destinos é sempre uma ótima alternativa para descansar e se divertir. Mas, ao mesmo tempo em que se programa o roteiro da viagem é importante fazer um check list do veículo. A primeira dica é manter a revisão do seu veículo em dia.  É fundamental que verifique os pneus, freios, óleo, lanterna, alinhamento, balanceamento, ou seja, todos os itens de segurança do carro.

Também é recomendável checar se estão no carro todas as ferramentas obrigatórias: macaco, chave de roda e triângulo para sinalização. Vale a pena ter outras ferramentas, como jogo de chaves fixas, chaves de fenda e lanterna. Além disso, o extintor de incêndio deve estar dentro do prazo de validade.

Além da parte mecânica e elétrica, o motorista não pode esquecer de verificar se os cintos de segurança estão funcionando perfeitamente. Eles devem ser usados por todos os ocupantes do veículo, mesmo para percorrer pequenas distâncias. Crianças devem sempre viajar no banco traseiro, com cinto de segurança. Crianças com menos de quatro anos precisam usar cadeirinhas apropriadas, que devem estar presas pelo cinto de segurança.

Confira outras dicas:

– A maioria dos acidentes costuma acontecer no início das viagens ou perto do fim dos trajetos, em estradas retas e em boas condições, portanto fique sempre alerta.

– Álcool e direção não combinam. O motorista que for pego dirigindo alcoolizado poderá ser preso em flagrante, além de pagar multa e ter o direito de dirigir suspenso;

– Ao passar próximo às cidades e perímetros urbanos, lembre-se de redobrar a atenção e reduzir a velocidade.

– Evite conduzir em condições de baixa visibilidade. Nestes casos, redobre a atenção ao volante e evite se distrair com músicas ou conversas.

– Planeje itinerários, bem como paradas para estacionamento e descanso. Também é recomendável informar-se das condições locais, principalmente em feriados.

–  Não descuide da sinalização, não pare na pista e não transite no acostamento.

– Nos declives acentuados ou longos, jamais descer desengrenado. Usar sempre freio motor, utilizando para descer a mesma marcha que usaria para subir.

Compartilhe: Permalink: