A RodoSol irá cumprir todas as determinações do governo do Estado e confia no restabelecimento da segurança jurídica, reiterando que as informações que serviram de base para a suspensão da cobrança do pedágio da Terceira Ponte, produzidas irresponsavelmente pelo Tribunal de Contas, são mentirosas e repletas de nulidades.
A empresa ainda está avaliando as consequências dessa decisão e as medidas cabíveis, mas, em respeito a seus usuários e aos seus 350 funcionários, julga necessário, esclarecer algumas dessas informações.

Entre as mais absurdas, está a afirmação fantasiosa de que a RodoSol teria deixado de investir R$ 798 milhões, soma que é muito superior aos R$ 620 milhões de receita bruta obtidos pela empresa nos 15 anos da concessão.
É igualmente falsa a informação do relatório preliminar do Tribunal de que houve sobrepreço na tarifa básica da concessão. O preço apresentado na concorrência foi, inclusive, inferior ao valor estabelecido pelo Governo do Estado, no Edital da época.
Vale lembrar que o mesmo Tribunal de Contas, na auditoria realizada em 2010, nada de irregular apontou no mesmo contrato da Rodosol. Outros três estudos já realizados sobre o tema (CPI da Assembléia Legislativa, Fundação Getúlio Vargas e Auditoria Geral do Governo do Estado) igualmente nada encontraram de errado no contrato.
Uma das auditorias foi presidida e conduzida pelo hoje conselheiro do Tribunal de Contas Sebastião Ranna em 2005, na época auditor geral do Estado. Naquela auditoria, nenhuma irregularidade foi identificada, procedendo-se à assinatura de Termo Aditivo para reequilíbrio do contrato, após verificação de que existia desequilíbrio em favor da Rodosol da ordem de R$ 157 milhões (documento disponibilizado para a imprensa).
Portanto, se agora o Tribunal de Contas aponta irregularidades no mesmo contrato, porque não investiga o conselheiro Sebastião Hanna por omissão e prevaricação, já que ele nada denunciou em 2005 e ainda coordenou um aditivo de contrato?
Sem ter tido direito de defesa, o que constitui grave violação de princípio básico do Direito, a Rodosol julga importante denunciar a conduta irresponsável do Tribunal de Contas na divulgação de um relatório preliminar repleto de nulidades, números irreais e desrespeito às leis, jogando a opinião pública contra a concessionária.
Trata-se de uma autêntica e absurda condenação prévia, que tem como vítimas, além da própria empresa, o estado de Direito e a segurança jurídica.

Abaixo o relatório da auditoria de 2005 assinado pelo Procurador Geral da época e relator da auditoria realizada atualmente,. Carlos Ranna.



Compartilhe: Permalink:


Compartilhe: Permalink:

A Rodosol informa que no próximo sábado, 5 de abril, a Terceira Ponte vai ter uma pista parcialmente interditada, das 19 às 20:30 horas, no sentido norte (Vila Velha – Vitória), para a realização da 5ª Corrida Rústica da Polícia Militar. A Corrida da PM faz parte dos eventos realizados durante a primeira semana de abril para comemorar o aniversário de 179 anos da corporação.

pista de baixa, da direita, será interditada para passagem dos corredores que vão percorrer a distância entre a Prainha, em Vila Velha, até a Praia de Camburi, em Vitória. Essa será a primeira vez que atletas percorreram um circuito na Terceira Ponte à noite.

A RodoSol, a partir da autorização da Agência Reguladora de Saneamento Básico e Infraestrutura Viária do Espírito Santo (ARSI),   em parceria com a organização do evento vai oferecer suporte necessário para garantir a segurança dos atletas e também dos usuários durante a travessia da Terceira Ponte. Além do apoio na sinalização, a concessionária vai permanecer com o serviço de guincho para remoção de veículos, ambulância e equipe de resgate para casos de emergências, além de monitorar toda a ponte por meio de câmeras do Centro de Controle Operacional (CCO).

Todas as informações sobre o trânsito na Terceira Ponte no dia da prova serão divulgadas em tempo real no nosso twitter (@RodoSol).

Pedimos aos atletas que evitem jogar as garrafinhas de água na pista, pois com o vento elas correm o risco de caírem na baía de Vitória.

Lembrando que no sentido sul, Vitória – Vila Velha, a passagem estará liberada normalmente.

Compartilhe: Permalink:

A Rodosol informa que no próximo sábado, 08 de fevereiro, a Terceira Ponte vai ter uma pista interditada, das 20:30 às 22 horas, no sentido norte (Vila Velha – Vitória), para a realização da 1ª Corrida das Luzes.

A pista de baixa, da direita, será interditada para passagem dos corredores que vão percorrer a distância entre a Prainha, em Vila Velha, até a Praia de Camburi, em Vitória. Essa será a primeira vez que atletas percorreram um circuito na Terceira Ponte à noite.

A RodoSol, a partir da autorização da Agência Reguladora de Saneamento Básico e Infraestrutura Viária do Espírito Santo (ARSI),   em parceria com a organização do evento vai dar todo o suporte necessário para garantir a segurança dos atletas e também dos usuários durante a travessia da Terceira Ponte. Além do apoio na sinalização, a concessionária vai permanecer com o serviço de guincho para remoção de veículos, ambulância e equipe de resgate para casos de emergências, além de monitorar toda a ponte por meio de câmeras do Centro de Controle Operacional (CCO).

Todas as informações sobre o trânsito na Terceira Ponte no dia da prova serão divulgadas em tempo real no nosso twitter (@RodoSol).

Pedimos aos atletas que evitem jogar as garrafinhas de água na pista, pois com o vento elas correm o risco de caírem na baía de Vitória.

Lembrando que no sentido sul, Vitória – Vila Velha, a passagem estará liberada normalmente.

Compartilhe: Permalink:

Na próxima segunda-feira, dia 27 de janeiro, o Departamento de Estradas de Rodagens do Espírito Santo (DER-ES) e o Inmetro vão realizar aferição de radares que  estão instalados em alguns pontos da Rodovia do Sol.

A atividade será realizada a partir das 9h30, com interdição total da pista durante o serviço. Abaixo segue a lista da localização dos radares que serão aferidos e os horários determinados.

- Km 15,3, sentido sul (Vila Velha/Guarapari), às 9:30h;

- Km 14,5, sentido sul (Vila Velha/Guarapari),  às 10:30h;

- Km 9,6, sentido norte (Guarapari/Vila Velha),  às 13:30h;

- Km 25,2, sentido norte (Guarapari/Vila Velha), às 14:30h;

Sendo que no trecho de Itaparica o fluxo será momentaneamente parado para que o veículo teste do DER-ES  possa trafegar com segurança e autonomia nas vias. Já na Barra do Jucú, como a pista é duplicada, o fluxo será desviado para a marginal naquele trecho.

É preciso ressaltar que a data e horário são determinados pelos órgãos. Na ocasião a concessionária pode apenas orientar sobre a realização de eventos como concursos e vestibulares.

Solicitamos aos usuários que colaborem dirigindo com cautela e respeitando às sinalizações especiais. O local receberá toda a sinalização necessária, com cones, placas de obras e setas luminosas.

Rodovia do Sol

Saiba mais

O DER-ES é o órgão do governo, responsável pela instalação, operação e manutenção dos equipamentos de fiscalização eletrônica ao longo da rodovia. A RodoSol apenas dá o suporte necessário para que uma equipe do órgão fiscalizador realize a aferição dos aparelhos, visando à manutenção do fluxo de veículos e causando o menor impacto possível ao trânsito.

Além disso, todos os dados registrados pelos radares são enviados diretamente ao sistema do DER-ES. A receita proveniente das multas também é de responsabilidade do governo, que a converte em melhorias no sistema viário estadual.

E apesar de operar, manter e conservar o Sistema Rodovia do Sol, no trecho entre a Terceira Ponte e o trevo de Meaípe, a RodoSol não tem poder de polícia, ou seja, a concessionária não tem autoridade para prender, fiscalizar, autuar ou aplicar e emitir multas. Os casos de infrações são fiscalizados pelo DER-ES e pelo Batalhão de Trânsito da Polícia Militar.

Compartilhe: Permalink:
13 jan de 2014 Comente aqui

Nota de Esclarecimento

Publicado às 17:32

Esclarecimento em relação ao acidente ocorrido na Rodovia do Sol no dia 12/01/2014 no Km 19:

Inicialmente agradecemos e reconhecemos a importância de usuários vigilantes para melhoria dos serviços prestados pela RodoSol. Esclarecemos que os projetos da rodovia (geométrico, pavimento, drenagem, sinalização e segurança) foram desenvolvidos e implantados seguindo o estabelecido nas normas DNIT/DER-ES/ABNT. Como a gestão de uma rodovia é muito dinâmica, realizamos um constante trabalho de avaliação, identificação e atuação nos quesitos acima relatados.

Nossas equipes atuam identificando os pontos críticos e realizando ações de melhorias para manutenção da fluidez e da segurança para os usuários da rodovia. A Concessionária Rodovia do Sol implantou equipamentos de proteção (Defensa Metálica, Canteiro Central, New Jersey, entre outros), obedecendo critérios técnicos de eficiência e necessidade conforme determinam as normas.

O Programa de Redução de Acidentes (PRA) foi desenvolvido e sofre atualização sistematicamente e todo acidente é avaliado e estudado para identificar a causa provável e com isso atuarmos no sentido de corrigir, caso seja identificada, a falha no sistema.

Infelizmente, a maior parte dos acidentes tem a causa humana como fator preponderante. Alguns fatores relevantes do acidente de ontem são importantes relatar para reforçar como a segurança é também resultado da forma de condução de um veículo e seus passageiros: não beber se for dirigir, usar o cinto de segurança inclusive nos passageiros sentados no banco detrás, crianças com idade inferior aos 10 anos devem ser transportadas no banco de trás devidamente acomodadas, utilizando as cadeirinhas conforme indicação de idade e tamanho, obedecer o limite de velocidade estabelecido para a via e dirigir com atenção e cautela respeitando a sinalização e as normas do Código de Trânsito Brasileiro. Estes fatores ajudam na manutenção da segurança de todos.

Compartilhe: Permalink:

A partir desta segunda-feira, (13/01), a RodoSol vai dar prosseguimento ao plano de manutenção preventiva programada da via na Terceira Ponte. A intervenção parcial será realizada das 22 às 06 horas. Durante os serviços, a pista de rolamento será parcialmente interditada.

A intervenção tem como objetivo a implantação da nova chapa de transição da ponte. Por conta disto, em determinados momentos a pista de baixa será interditada e em outros a pista de alta.

A previsão inicial é de que o serviço seja executado em cinco dias. Porém, caso chova a interdição deverá ser interrompida e o prazo de conclusão pode se estender.

Solicitamos aos usuários que colaborem dirigindo com cautela e respeitando às sinalizações especiais. O local receberá toda a sinalização necessária, com cones, placas de obras e setas luminosas. Os painéis eletrônicos da Terceira Ponte vão indicar os trabalhos em andamento.

Compartilhe: Permalink:

Amanhã, sábado, dia 30 de novembro, o Departamento de Estradas de Rodagens do Espírito Santo (DER-ES) e o Inmetro vão realizar aferição de um radar que fica próximo à praça de pedágio da Terceira Ponte, sentido norte (Vila Velha – Vitória).

A atividade será realizada a partir das 7 horas, com interdição de uma faixa. É preciso ressaltar que a data e horário são determinados pelos órgãos. Na ocasião a concessionária pode apenas orientar sobre a realização de eventos como concursos e vestibulares. Como no domingo e nos outros finais de semana até o final do ano o número de vestibulares e concursos será intenso a data escolhida foi o dia 30.

Solicitamos aos usuários que colaborem dirigindo com cautela e respeitando às sinalizações especiais. O local receberá toda a sinalização necessária, com cones, placas de obras e setas luminosas. Os painéis eletrônicos da Terceira Ponte vão indicar os trabalhos em andamento.

 

Saiba mais

O DER-ES é o órgão do governo, responsável pela instalação, operação e manutenção dos equipamentos de fiscalização eletrônica ao longo da rodovia. A RodoSol apenas dá o suporte necessário para que uma equipe do órgão fiscalizador realize a aferição dos aparelhos, visando à manutenção do fluxo de veículos e causando o menor impacto possível ao trânsito.

Além disso, todos os dados registrados pelos radares são enviados diretamente ao sistema do DER-ES. A receita proveniente das multas também é de responsabilidade do governo, que a converte em melhorias no sistema viário estadual.

E apesar de operar, manter e conservar o Sistema Rodovia do Sol, no trecho entre a Terceira Ponte e o trevo de Meaípe, a RodoSol não tem poder de polícia, ou seja, a concessionária não tem autoridade para prender, fiscalizar, autuar ou aplicar e emitir multas. Os casos de infrações são fiscalizados pelo DER-ES e pelo Batalhão de Trânsito da Polícia Militar.

Compartilhe: Permalink:

Neste sábado, (23/11), vamos dar prosseguimento ao plano de manutenção programada da via na Terceira Ponte (Ponte Deputado Darcy Castelo de Mendonça). Devido ao vestibular da FAESA (Vitória), que ocorrerá entre 9 horas e meio-dia, a intervenção parcial será realizada em dois momentos.

A equipe de manutenção da concessionária  irá realizar a substituição das lâmpadas de iluminação da ponte. A primeira etapa do serviço será realizada de manhã a partir das 7 horas, no sentido sul (Vitória- Vila Velha).  Na parte da tarde, a partir do meio-dia, a equipe vai operar no sentido norte (Vila Velha – Vitória). Durante os serviços, uma pista de rolamento será interditada.

A tarefa é complexa e precisa que as lampadas estejam apagadas, o que impede que a atividade seja realizada à noite. Esclarecemos, ainda, que a escolha do horário para execução de obras na Terceira Ponte leva em consideração o conforto e a segurança do usuário e responsabilidades contratuais da RodoSol. Considera-se, também, a segurança da equipe, bem como os horários de menor fluxo de veículos. Para minimizar os possíveis transtornos aos usuários, sempre optamos por realizar a interdição em dias de menor fluxo de veículos, como feriados, sábados e domingos. A intervenção só não acontecerá em caso de chuvas.

Solicitamos aos usuários que colaborem dirigindo com cautela e respeitando às sinalizações especiais. O local receberá toda a sinalização necessária, com cones, placas de obras e setas luminosas. Os painéis eletrônicos da Terceira Ponte vão indicar os trabalhos em andamento.

Compartilhe: Permalink:

Neste domingo, (10/11), a RodoSol vai dar prosseguimento ao plano de manutenção preventiva programada da via na Terceira Ponte. A intervenção parcial será realizada das 7 às 16 horas, mas agora no sentido Sul (Vitória-Vila Velha). Durante os serviços, uma pista de rolamento será interditada.

Troca de Placas

Além disso, outra equipe  realizará a substituição de algumas placas da Terceira Ponte. A equipe estará acompanhada do guincho para garantir uma sinalização eficiente dos locais e segurança dos trabalhadores e motoristas.

A tarefa é complexa, o que impede que a atividade seja realizada à noite. Esclarecemos, ainda, que a escolha do horário para execução de obras na Terceira Ponte leva em consideração o conforto e a segurança do usuário e responsabilidades contratuais da RodoSol. Considera-se, também, a produção de ruído em horário noturno, o que não é permitido pela Lei do Silêncio, e a segurança da equipe, bem como os horários de menor fluxo de veículos. Para minimizar os possíveis transtornos aos usuários, sempre optamos por realizar a interdição em dias de menor fluxo de veículos, como feriados e domingos. A intervenção só não acontecerá em caso de chuvas.

Solicitamos aos usuários que colaborem dirigindo com cautela e respeitando às sinalizações especiais. O local receberá toda a sinalização necessária, com cones, placas de obras e setas luminosas. Os painéis eletrônicos da Terceira Ponte vão indicar os trabalhos em andamento.


Compartilhe: Permalink: